Módulos habitacionais são utilizados nos comércios

Módulos habitacionais são utilizados nos comércios

Postado dia 28 / SET / 2016

Os módulos habitacionais estão sendo utilizados cada vez mais, e já não são ligados somente a construção civil. Nos dias de hoje as opções para aproveitar essa alternativa são inúmeras, a ideia está muito difundida pelo mundo, passando por moradias, escolas, comércios, até nos Jogos Olímpicos eles foram usados.

Uma característica dos módulos habitacionais é que são considerados eco-friendly (amigo do ambiente), pois contribuem com o meio ambiente. São usados materiais reciclados, além de não serem usados materiais comuns nas construções tradicionais, como areia, tijolos, cimento, e assim o local acaba ficando mais limpo sem o acúmulo de entulho. Com isso, o tempo e os custos para realização do projeto são reduzidos.

Um ramo que está adotando com mais frequência os módulos habitacionais é o setor comercial. Fora as vantagens já citadas, os módulos são resistentes, aguentam as condições climáticas que as cidades possam oferecer, e tem a facilidade de serem estabelecimentos móveis, se for preciso uma mudança de local. Veja alguns exemplos de estabelecimentos que utilizam os módulos habitacionais:

Container Ecology Store: a rede de lojas de roupa é um projeto que alia moda à preservação ambiental. A ideia surgiu em 2008, e tinha a ideia de transformar módulos habitacionais velhos em lojas. Com uma expansão considerável, hoje são encontradas em estabelecimentos de rua, shopping e galerias.

Container Espeto Bar: localizado em Salvador, a ideia de transformar um módulo habitacional em um lugar de entretenimento, um bar, deu certo. O conceito foi bem aceito, com decoração rústica e garçons personalizados.

Box D: localizado nos Estados Unidos, mais especificamente na praia, a lanchonete tem sanduíches de waffles. Os banheiros também têm o mesmo estilo. O local era uma área sem utilidade da prefeitura e foi transformado.

KIOSK: localizado na Inglaterra, o local tem alimentação vegetariana, turca, grega e mexicana. O comércio é pequeno, mas os detalhes ganham destaque, como por exemplo no vidro do estabelecimento que tem os tipos de alimentos a disposição.